jusbrasil.com.br
3 de Dezembro de 2021
    Adicione tópicos

    Arquivada ação do PSDB sobre suspensão de direitos políticos de quem responde por improbidade

    Publicado por Direito do Estado
    há 13 anos

    Foi arquivada por decisão da ministra Ellen Gracie a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 164 , ajuizada no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo PSDB para contestar decisões judiciais que têm determinado, segundo a legenda, a suspensão de direitos políticos por ações de improbidade administrativa antes do trânsito em julgado das decisões.

    Para o partido, a Lei 8.429 /92, que trata dos crimes de improbidade, determina em seu artigo 20 que "a perda da função política e suspensão dos direitos políticos só se efetivam com o trânsito em julgado da sentença condenatória". O PSDB apresenta diversas decisões judiciais proferidas em ação civil pública que determinam a cassação de direitos políticos, e que não poderiam ser executadas de forma provisória. Para o partido, as decisões questionadas violam o princípio da segurança jurídica.

    Mas, de acordo com a ministra, o partido "não trouxe aos autos qualquer vestígio da existência de movimento de interpretação judicial que, ao tentar afastar a legitimidade do caput do artigo 20 da Lei 8.429 /92, pudesse representar fundamento relevante de controvérsia constitucional, tal como exigido pelo parágrafo único do artigo da Lei 9882 /99 (Lei das ADPFs)".

    Em sua decisão, a ministra analisa uma a uma as decisões apresentadas pelo partido e demonstra que em nenhum caso o dispositivo da Lei 8.429 /92 foi desrespeitado. Os exemplos apresentados pelo PSDB, além de não demonstrarem qualquer estado de incerteza, disse Ellen Gracie, "nem de longe apontam para a existência de controvérsia constitucional de fundamento relevante a respeito da constitucionalidade ou legitimidade do cristalino artigo 20 da Lei 8.429/92", concluiu a ministra, determinando o arquivamento da ADPF.

    STF

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)